Quem usa Scala

99Taxis

O 99Taxis é um dos maiores aplicativos de pedir táxis pelo celular do Brasil. Usam Scala em todo o backend, sendo a escolha padrão para novos sistemas. Sistemas legados rodam em Java. Possuem sites, serviços e micro-serviços rodando Scala na Play Framework. Atualmente estão analisando o Slick 3 e migrando para o Play 2.4, adotando uma arquitetura mais reativa.
Contato/vagas: carla@99taxis.com

Convert.rocks

A Convert Rocks é uma plataforma de análise e processamento de eventos em tempo real em um ambiente de automação de marketing. Scala é utilizado na API HTTP, todo recebimento, transformação, análise e disparos de eventos é basicamente Scala + Spray + Akka.
Contato/vagas: victor@convert.rocks

Daitan Group

A Daitan é uma empresa brasileira, localizada em Campinas. Seu foco é a exportação de Serviços de Outsourcing em P&D e Serviços Profissionais em Telecomunicações, TI, Sistemas Móveis e Games. Nosso principal objetivo é prestar serviços para clientes internacionais, como, por exemplo, empresas Americanas e Europeias, realizando a Inovação em Produtos.
Contato/Vagas: hiring@daitangroup.com

Elo7

Elo7 é o maior site brasileiro de compra e venda de artesanato.

Hotel Urbano

O time de busca utiliza o Finagle para construir uma API de busca que tem como back-end o Elasticsearch. Também utilizam o Play Framework 2.4 no front-end. A API já serve o site e aplicativo mobile e está em testes no site. Outros times também utilizam Scala junto do Finagle e Finatra.
Contato/vagas: recrutamento@hotelurbano.com.br (https://github.com/HotelUrbano/facapartedotimehu)

NewsMonitor

O NewsMonitor é uma ferramenta profissional para monitoramento de notícias.
Desde 2012, utiliza Scala para todos os sistemas do back-end: Coletor de notícias, API de buscas, processamento e indexação de notícias.
Contato/vagas: contato@newsmonitor.com

Eleflow

Especializada em acelerar a implantação de Big Data nas empresas, a Eleflow também desenvolve o Uberdata, uma Solução de BigData sobre a plataforma do Apache Spark, usando Scala, Python e R.
Contato/vagas: jobs@eleflow.com.br

Playax

A Playax desenvolve uma plataforma de inteligência musical que oferece recursos e ferramentas para o acompanhamento da circulação e uso de músicas em diferentes meios (rádios, canais de TV, shows, sites, redes sociais, etc) e o tratamento, análise e ativação dessas informações para alimentar um marketplace de serviços, licenciamentos, divulgação, etc, para o ecossistema da música.
Contato/vagas: daniel@playax.com

Stone

A Stone é uma Adquirente de meios de pagamento, autorizada pela Visa e Mastercard a credenciar lojistas, processar e autorizar transações de cartão de crédito com essas bandeiras e outras.
Vagas: http://www.stone.com.br/trabalhenastone.html

Vamo

Vamo é uma plataforma para a compra online de ingressos.

Verde Tecnologia

A Verde Tecnologia desenvolve sistemas de Inteligência Artificial e Visão Computacional para vários mercados, incluindo sistemas Inteligentes de Trânsito, Mobilidade Urbana e Internet das Coisas. Aplicamos os conceitos de Programação Funcional Reativa para nuvens elásticas em praticamente todos os nossos produtos.
Um bom exemplo é o ValetWay.com, sistema de gerenciamento de manobristas e estacionamentos, onde empresas de valet, estacionamentos, estabelecimentos e clientes podem monitorar os atendimentos.
Usamos Scala, Akka, Spray.
Contato/Vagas: contato@verde.com.br

A Verificar tem como missão revolucionar o mercado de compra e venda de automóveis usados. Hoje comprar um carro usado é um processo longo e pouco confiável: laudos de inspeção veicular dizem pouco sobre veículo e a compra em si é muito burocrática. Pretendemos mudar isso, usando inteligência de dados e BigData, fazendo inspeções veiculares profundas e assim apresentar todo o histórico de vida do carro, permitindo uma compra com segurança.

Contato/vagas: enviar carta de apresentação junto a CV para felipe.blassioli@verificar.com.br

VivaReal

O VivaReal é uma plataforma online que possibilita a comunicação entre imobiliárias, incorporadoras e corretores com consumidores que buscam um imóvel. São mais de 4 milhões de anúncios para compra e locação em mais de mil cidades brasileiras reunidos em um só lugar.
Com mais de 12* milhões de visitas por mês em seu site e aplicativos móveis, o VivaReal é líder em seu segmento de atuação e está presente com escritórios locais em 16 cidades brasileiras.
No VivaReal, usamos Scala em projetos de APIs assíncronas, processamento de dados em larga escala, geolocalização e data science.
Vagas: http://www.vivareal.com.br/empresa/carreira/vagas/

Winnin

A Winnin é uma plataforma de batalhas de vídeos onde os usuários criam batalhas com listas de vídeos que depois competem entre si dois a dois através de votos de outros usuários. O backend é praticamente todo feito em Scala com Play Framework, Mongo, Redis e serviços da Amazon.

Zero Hora

Em abril de 2015 iniciamos o uso de Scala no Grupo RBS no site da Zero Hora. Durante 15 anos a empresa vem utilizando a plataforma Java EE e evoluiu do JDK 1.3 ao Java 8. Em um projeto chamado “sport-api” decidiu investir um estudo focado em produtividade aliado à escalabilidade (um projeto que pretende atender milhões de usuários simultâneos como as narrações ao vivo que possuímos). Em meio à diversas soluções chegamos ao uso do Play Framework com a abstração do EHCACHE chamada Scala cache do Play. Realizamos uma instalação das libraries do play framework em um glassfish 4, com Java 8, JavaEE7. Versão mais recente da época. Desenvolvemos uma engine em backoffice utilizando Akka que faz postagem concorrente de dados esportivos em tempo real para um ambiente clusterizado. Utilizamos a versão 2.11.5 do Scala, gerenciamos nossos builds com Maven, utilizamos o Play Framework 2.2.6 . Hoje estamos felizes com Scala em produção e nos colocamos a disposição da comunidade Scala para troca de experiências, seguiremos avançando e investindo em inovação.

O primeiro produto em produção consumindo a Zero Hora Sport-API, escrita em Scala: Tabela Brasileiro 2015
Contato/vagas: http://www.gruporbs.com.br/talentos/talentos-rbs/

Anúncios

3 comentários em “Quem usa Scala

  1. Isaías Alves disse:

    Zero Hora usa Scala. O webservice por trás dessa tabela do Brasileirão é Scala.
    http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/campeonatos/tabela-brasileiro-serie-a-2015.html

    Vou montar um relato sobre isso e montar uma apresentação. Abraço

  2. Já desenvolvi um pequeno site com o play-framework usando o java, iniciei o estudo de Scala para os meus próximos trabalhos, não nego que a principio tem muita coisa nova, mas nada que não se possa com um tempinho desvendar todos eles!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s